jusbrasil.com.br
31 de Março de 2020

As redes sociais e o Código de Conduta

Paula Resende, Advogado
Publicado por Paula Resende
há 7 meses

Veja as situações abaixo.

Situação #1: É o primeiro dia de trabalho de Elisa. Imediatamente após sua integração, ela vai para o posto de trabalho. Sua supervisora a treina nos procedimentos internos da área e também a informa que ela não pode utilizar o aparelho celular durante o horário de trabalho, e dá outras instruções, inclusive sobre a utilização de redes sociais.

Situação #2: João é um funcionário de longa data em uma empresa, e há pouco se tornou um usuário voraz de redes sociais. Em uma das redes sociais que se inscreveu, colocou como foto de perfil uma em que está utilizando o uniforme da empresa. Resultado: levou uma advertência verbal, por estar descumprindo padrões internos.

Situação #3: Em 2018, um funcionário de uma companhia aérea foi demitido após ter aparecido em um vídeo com outros brasileiros constrangendo mulheres durante a Copa da Rússia. O detalhe é que ele não estava uniformizado e inicialmente não havia nada que o ligasse à empresa em que trabalhava.

O que todas essas situações têm de semelhança, além das redes sociais? Acertou quem respondeu a relação de emprego.

Quando as pessoas se cadastram em redes sociais, elas costumam informar em seus dados pessoais o local onde trabalham. Sendo assim, há uma estreita ligação entre aquilo que postam e a imagem da empresa.

E o que a empresa deve fazer para regular a utilização de redes sociais? Vou te dar 3 dicas essenciais que você deve seguir para não ter problemas com este tema:

1. Estabeleça regras claras. Defina regras que combinam com o negócio, valores e princípios da empresa. Por exemplo: faz sentido restringir a utilização do celular ou das redes sociais em uma agência de marketing? Provavelmente não. Mas qual será a regra pra este caso?

2. Escreva estas regras. Não adianta apenas pensar sobre quais serão as regras. Escreva-as e as coloque no Código de Conduta, que é um documento que reúne o conjunto de regras que serve para orientar e disciplinar a conduta dos funcionários. Este documento deve estar disponível a todos.

3. Dê exemplos. Ao redigir o Código de Conduta, leve em consideração a missão, visão e valores da organização. Além disso, dê exemplos de comportamentos proibidos e comportamentos esperados e esclareça sobre as medidas disciplinares que podem ser aplicadas em casos de violação.

Gostou? Quer ler mais conteúdos como este? Acesse www.paularesende.com.br e se inscreva para receber novidades!

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)